Terminando 2017 de Volta ao Japão!

Os Passaportes Brasileiros dos Líderes da Coreia do Norte

Líderes da Coreia do Norte usaram passaportes brasileiros emitidos pela Embaixada do Brasil em Praga
Coloque sua imagem centralizada aqui!

Líderes da Coreia do Norte usaram passaportes brasileiros emitidos pela Embaixada do Brasil em Praga

Que o Brasil é um "anão diplomático", como dito por Israel anos atrás, ninguém duvida; contudo, a confirmação de que os líderes da Coreia do Norte obtiveram passaportes brasileiros mostra, mais uma vez, como certas coisas precisam mudar dentro e fora do Itamaraty.

Siga nossas redes sociais
YouTubeInstagram - Facebook - Twitter

O líder norte-coreano, Kim Jong Un, e seu pai, o falecido Kim Jong Il, usaram passaportes brasileiros emitidos pela Embaixada Brasileira em Praga para visitar países ocidentais. As cópias dos passaportes brasileiros vistas por várias agências de notícias agora confirmam o que antes eram apenas rumores. “Eles usaram esses passaportes brasileiros, que claramente mostram fotos de Kim Jong Un e Kim Jong Il, para tentar obter vistos de embaixadas estrangeiras”, disse a Reuters.

Jornais ingleses também confirmaram que os passaportes são documentos legítimos (ou seja, embora contenham dados falsos, foram realmente emitidos pelo Gov. Brasileiro). Kim Jong Un, por exemplo, visitou Tóquio quando criança usando um passaporte brasileiro em 1991 - antes da data de emissão impressa nos dois passaportes brasileiros vistos pela Reuters. Isso pode indicar que a prática era recorrente.

Os dois passaportes brasileiros com 10 anos de validade contêm um carimbo dizendo “Embaixada do Brasil em Praga” com data de expedição de 26 de fevereiro de 1996. Tecnologias de reconhecimento facial confirmaram que as fotos são de Kim Jong Un e seu pai. O passaporte com a foto de Jong Un foi emitido em nome de Josef Pwag, com data de nascimento de 1 de fevereiro de 1983. Ele teria então algo entre 12 a 14 anos de idade quando o passaporte brasileiro foi emitido.

É sabido também que Jong Un estudou em uma escola internacional de Berna, na Suíça, onde fingia ser filho de um motorista de embaixada. O passaporte de Jong Il foi emitido no nome de Ijong Tchoi com data de nascimento de 4 de abril de 1940. Jong Il morreu em 2011. Sua verdadeira data de nascimento era em 1941. Ambos passaportes exibem como local de nascimento a cidade de São Paulo.

Infelizmente, esta é mais uma mancha para a já débil imagem da diplomacia brasileira no contexto internacional...

Siga nossas redes sociais

Comentários