Terminando 2017 de Volta ao Japão!

Guarda do Palácio Imperial Investigado Por Pornografia Infantil no Japão

Policial que trabalha na segurança do palácio e membros de escolta da família imperial foram acusados de possuir DVDs com pornografia infantil

Policial que trabalha na segurança do palácio e membros de escolta da família imperial foram acusados de possuir DVDs com pornografia infantil

Promotores investigam um oficial de 30 anos, suspeito de violar a Lei de pornografia anti-infantil, informou a Fuji TV.

Siga nossas redes sociais
YouTubeInstagram
Facebook - Twitter

A polícia disse que os DVDs contêm imagens sexualmente explícitas de meninas menores de idade. Tudo começou em maio, quando a polícia prendeu um revendedor de DVDs pornográficos infantis na internet e lançou uma investigação sobre sua lista de clientes, que continha cerca de 7.000 nomes.

Leia também: Policiais de Tokyo Acusados de Possuir Pornografia Infantil

Na segunda-feita, noticiamos o caso de quatro policiais, todos da região de Tokyo, que estão sendo acusados so mesmo crime. Conforme as informações sobre as investigações são divulgadas, os casos se aprofundam e novos sujeitos aparecem.

O nome do guarda imperial do palácio (que, obviamente, não foi divulgado pela imprensa japonesa) apareceu na lista de compradores, e oficiais encontraram vários DVDs numa busca na casa do acusado, que admitiu as alegações e renunciou à suas funções.

Leia também: Japonesa e Ex-Namorado Presos Após Enterrar Bebê

A polícia disse que a lista também inclui nomes de vários outros policiais e funcionários do Departamento de Polícia Metropolitana de Tóquio. O distribuidor dos DVDs, preso desde maio, recebeu mais de 250 milhões de ienes das vendas dos DVDs entre janeiro de 2016 e abril deste ano, informou a polícia.

Siga nossas redes sociais

Comentários