A Coreia do Norte Atacará o Japão?

Japão Finalmente Acorda Para a Black Friday!

Algumas lojas dão descontos de até 90% na versão japonesa da “Black Friday”

Algumas lojas dão descontos de até 90% na versão japonesa da “Black Friday”

A “Black Friday” é um evento americano de vendas que acontece no dia seguinte ao feriado de Ação de Graças. Rapidamente, foi adotado por vários países, incluindo o Brasil (onde muitas vezes foi chamada de "Black Fraude" por conta de algumas empresas desonestas) e hoje acontece em vários países do mundo.

Siga o Pocket Hobby!
YouTubeInstagram
 Facebook - Twitter

No Japão, a data só foi adotada pelo comércio local com algumas promoções tímidas em 2016, mas este ano a coisa promete.

Até o próximo domingo (26), diversas lojas no país estão oferecendo grandes promoções aos consumidores, com descontos que chegam a 90%. A rede de lojas GAP, por exemplo, está vendendo blusas por ¥100 para as primeiras 100 pessoas que chegarem a cada dia de saldo.

Leia também: Japão é o 5o Melhor País do Mundo - Brasil em 28o

Além disso, várias peças estão sendo vendidas com descontos mais de 50%. O grupo Æon (dono de supermercados, shopping centers e outras tantas marcas) também aderiu ao conceito da “Black Friday”, e vários leitores aqui do blog que estão no Japão reportaram descontos que chegam a mais de 50% em ternos e outros tipos de roupas.

As lojas da rede H&M, que viram as vendas crescerem no ano passado, reduziram o preço de algumas roupas em até 70%. A rede Toys“R”Us, de brinquedos, foi mais longe com descontos de até 90% em alguns produtos, tanto nas lojas físicas quanto nas vendas online, aproveitando a proximidade do Natal e da época de presentear as crianças.

Leia também: Visto para Yonsei Adiado pelo Governo

O triste é que a Black Friday americana é conhecida mundialmente por grandes descontos em produtos eletrônicos (computadores, televisões, smartphones), mas nenhuma das lojas de cadeia de eletrônicos (Yodobashi Camera, Bic Camera) anunciaram descontos significativos no Japão.

Siga nossas redes sociais

Comentários