Terminando 2017 de Volta ao Japão!

Anúncio da Abdicação do Imperador Japonês em 1º de Dezembro

O Gov. anunciou a ‘Conferência Imperial’ para definir a data de abdicação de Akihito.

O Gov. anunciou a ‘Conferência Imperial’ para definir a data de abdicação de Akihito.

A abdicação ao trono do Imperador do Japão, Akihito, e da Imperatriz Michiko, muito falada desde o ano passado, foi estabelecida perante uma lei especial onde ficou estabelecido que “o Primeiro-Ministro precisa ouvir, com antecedência, a família imperial e os três poderes”.

Siga nossas redes sociais
YouTubeInstagram - Facebook - Twitter


Por isso, o governo anunciou que esta ‘Conferência Imperial’ será realizada no dia 1º de dezembro. O assunto tornou-se polêmico na mídia japonesa, depois dele ter se manifestado em junho do ano passado em rede nacional.

Leia também: Como a Lei de Abdicação Foi Aprovada no Japão

O Imperador esclareceu que se a idade avançada uma saúde enfraquecida o motivaram a tomar tal decisão. Portanto, caso a abdicação ocorra conforme o previsto, o Japão passará por tal experiência pela segunda vez durante toda sua existência como nação. A primeira ocorreu em 1817, com o imperador Kohaku.

Leia também: Após 200 anos, Imperador pede pra sair

Estão previstas duas datas possíveis datas até o momento: a primeira seria 31 de março do ano que vem. Em 1º de abril assumiria o sucessor, o príncipe herdeiro. Outra data seria 30 de abril, para o sucessor assumir o trono do Crisântemo em 1º de maio de 2019.

Leia também: Treta em Kyoto: "estou feliz em ser japonês"

Espera-se que tenha uma definição da data diante das duas propostas, já que muitos japoneses veem a troca de monarca como uma grande dor de cabeça política e fiscal (no Japão, após um novo Imperador assumir o trono, o calendário "zera" e uma nova era é nomeada)

Siga nossas redes sociais

Comentários