Como Assim Tóquio NÃO É a capital do Japão?

Tóquio é a maior cidade do Japão, sede do governo e do Palácio Imperial. Mas por que não pode ser chamada de capital?

Tóquio é a maior cidade do Japão, sede do governo e do Palácio Imperial. Mas por que não pode ser chamada de capital?

Tudo uma "simples" questão de nomenclatura. Atualmente, o minúsculo território japonês está dividido em inacreditáveis 47 Províncias, equivalentes aos estados no Brasil. A palavra japonesa para elas é "ken".

Siga nossas redes sociais
YouTubeInstagram - Facebook - Twitter

Por exemplo, a tradução em inglês de 愛知県 é Aichi Prefecture, enquanto em português seria "Província de Aichi" (não passe vergonha falando "Prefeitura", como muito especialista em Google Tradutor...).

Já no caso de Osaka e Kyoto, essas duas regiões têm status diferentes, portanto são chamadas de Osaka-fu e Kyoto-fu (em vez de "ken"). O problema começa porque não existe tradução exata em inglês para esse "府 (fu)", então acaba tudo virando "Província"...

東京都 (Tokyo-to), como maior cidade do país, preside as outras províncias. Apesar de seus kanji significarem "Capital do Leste", os próprios japoneses se referem a ela como "Metrópole de Tóquio" já que não é realmente apenas uma cidade, mas também uma Província composta por 23 distritos, ilhas remotas no Oceano Pacífico e várias áreas classificadas como cidades diferentes dentro da grande Tokyo.

Tóquio Não é Realmente a capital do Japão

Então onde, exatamente, fica a área da capital? Toda a Província é como um "Distrito Federal", incluindo as ilhas remotas? Ou apenas os 23 distritos da cidade?

Curiosamente, não há lei, constituição ou resolução que designe Tokyo oficialmente como capital. Leis citam Tokyo como "área metropolitana"; em outras palavras, uma unidade de prefeituras. Um exemplo disto é a Lei de Desenvolvimento de Área, que não designa explicitamente Tóquio como a capital, fazendo apenas uma implicação para termos de construção.

Foi após a Segunda Guerra Mundial, na década de 1950, que se tornou costumeiro chamar Tokyo de capital na "linguagem coloquial". Quando os legisladores criaram a lei sobre o desenvolvimento dessa área, utilizaram as palavras "área metropolitana" apenas para definir um espaço físico.

Portanto, por definição, Tokyo não é a capital do Japão porque não há lei ou constituição japonesa que a designe como tal; ela simplesmente é a maior cidade do arquipélago, uma das maiores do mundo, sede do Governo, do Palácio Imperial e um dos cenários mais influentes de todo o mundo.

Aproveite e assista meu primeiro vídeo gravado na cidade:

Siga nossas redes sociais

Comentários