Robocraft - Esquadrão "Morri"!

Novo Recorde de Turistas no Japão

Novo Recorde de Turistas no Japão - 1
Definitivamente, duas estratégias do governo japonês estão atraindo mais turistas ao arquipélago.

Apesar dos problemas sociais e econômicos de 2016, o Ministério do Turismo reportou um novo recorde de turistas no Japão em 2016. Ontem, em comunicado oficial, disseram 24.04 milhões de turistas visitaram as ilhas durante todo o ano passado.

A Fuji TV ressaltou a importância desses dados, afirmando que é a primeira vez em todos os tempos que o Japão recebe mais de 20 milhões de turistas num único ano. Obviamente, a maioria esmagadora desses visitantes são oriundos de outros países asiáticos (China e Coreia, principalmente)

O Ministro do Turismo, Keiichi Ishii, acha que o aumento de visitantes se deu, principalmente, por dois motivos: o aumento no número de empresas aéreas "low cost" (que oferecem menos comodidades, barateando os custos das passagens) que operam rotas a partir de outros países do continente e também o aumento de rotas de navios de cruzeiro, que agora operam em maior quantidade por toda a costa do Pacífico.


Entretanto, especialistas defendem que os maiores motivos para esse aumento de visitantes é, na verdade, o enfraquecimento do iene frente ao dólar (que prejudica o poder de compra dos moradores, estrangeiros ou japoneses) e a política do "Cool Japan".

O que é o Cool Japan?


Composta por várias tentativas públicas de demonstrar que o Japão é um lugar é "legal de se visitar". Quem, no Brasil, não se lembra de Shinzo Abe vestido de Super Mario no encerramento das Olimpíadas do Rio?!

Além disso, várias produtoras de anime vem se esforçando para tornar suas obras mais abertas ao público estrangeiro, numa tentativa de exportar uma imagem positiva do país, seus costumes e sua cultura.

Mais Turistas, Menos Dinheiro


Entretanto, o aumento do número de turistas não significou um aumento de receita. Pelo contrário. Levantamentos preliminares mostram que, apesar de mais pessoas estarem visitando o Japão, o iene fraco fez o turismo render menos. Além disso, o menor crescimento da China e os terremotos em Kumamoto prejudicaram bastante os lucros.

Mas o governo segue empolgado, e quer repetir a dose atraindo pelo menos outros 40 milhões de turistas, todos os anos, até as Olimpíadas de 2020. Para isso, pretende investir na ampliação de portos e aeroportos, e investir também em locais "fora da golden route" (Kyoto, Tokyo, Osaka), embora ninguém saiba explicar exatamente como isso será feito.

Apenas para efeito de comparação, em 2013 foram pouco mais de 13 milhões de visitantes. Podemos afirmar, definitivamente, que o Japão quer investir pesado no turismo. Mesmo que atualmente falte infraestrutura hoteleira e de transporte para isso.

Quer se manter realmente atualizado? Clique!
Facebook - Twitter - Instagram

Texto: Renato Brandão
Edição: Pocket Hobby