Vamos a Nagoya Ver Tailandesas?

O Imperador Japonês Irá Abdicar?

 Pocket Hobby - www.pockethobby.com - o-imperador-japones-ira-abdicar


A semana começou quente no Japão: hoje, às 3 da tarde (horário de Tokyo), todo o país assistirá uma das raríssimas mensagens de vídeo do imperador Akihito, após relatos de sua possível abdicação. Inicialmente, o boato causou choque, mas logo foi acolhido pela população como um "merecido descanso" para o monarca de 82 anos.

Na mensagem, é especulado que Akihito falará sobre seus deveres como "imperador-símbolo", tal como estipulado pela Constituição Japonesa. Especialistas e a mídia local dizem que ele irá evitar a expressão explícita de abdicação, o que implicaria em procedimentos políticos e legais que ele não tem permissão para discutir.

O vídeo será colocado no site da Agência da Casa Imperial, junto com uma tradução em Inglês.


O Imperador Akihito tem se mostrado preocupado com sua velhice, após recentes complicações de saúde e pequenos equívocos em cerimônias oficiais. Após a surpresa inicial, o público acolheu com agrado suas pretensões, dizendo que o imperador trabalhadora merece para desfrutar sua aposentadoria longo atraso.

Tecnicamente, no Japão é proibido que o Imperador abdique ao trono - uma prática herdada da constituição anterior, de antes da guerra - mas muitos estudiosos dizem que a "aposentadoria" do imperador atual seria vista com bons olhos, nesta sociedade onde trabalha-se muito, por muito tempo, durante (inclusive) idades avançadas.

Leia também: Quer Morar de Graça no Japão?

Quem entende do tema especula que Akihito pretende abdicar enquanto ainda possui boa saúde para aconselhar e guiar seu filho, Naruhito, que muitos consideram "não estar pronto" para a sucessão.

Akihito subiu ao trono em 1989 após a morte de seu pai, Hirohito, considerado uma divindade até a derrota do Japão na Segunda Guerra Mundial. Seus anos no trono tiraram a família imperial nipônica da clausura, trazendo-a para mais perto do público e rompendo com outras tradições, inclusive casando-se com uma plebeia, Michio.

Assista: A Mascote Mais Otaku do Japão

A verdade é que a abdicação de Akihito pode ser uma tentativa de esfriar os planos ultra-nacionalistas do primeiro-ministro Shinzo Abe de reescrever a Constituição. Ele e seus ultraconservadores partidários querem reescrever as leis do país, apagando o artigo de renúncia à guerra e atualizar o imperador ao título de soberano outra vez.

Akihito, por sua vez, tem dito repetidamente que respeita a atual Constituição pacifista do pós-guerra do Japão e está comprometido com o seu status de símbolo e unidade do povo, e não se vê como soberano. Agora é esperar pra ver.

[ATUALIZADO]


Veja o vídeo, onde o imperador (como previmos) evita usar termos como "renúncia" ou "abdicação", mas deixa claro que já está em idade avançada para realizar viagens internacionais e outros deveres como símbolo do Japão:



Quer se manter realmente atualizado? Clique!
Facebook - Twitter - Instagram

JAPÃO, 08 DE AGOSTO DE 2016
Texto: Renato Brandão
Edição: Pocket Hobby