Vamos a Nagoya Ver Tailandesas?

Homem Fotografa "Zona Vermelha" de Fukushima

Pocket Hobby - www.pockethobby.com - Homem Fotografa "Zona Vermelha" de Fukushima Japão

Homem Fotografa "Zona Vermelha" de Fukushima


O acidente nuclear ocorrido em 11 de março de 2011 no Japão, após um terremoto e tsunami, deixou uma grande área no Nordeste do país em frangalhos; desde então, poucas pessoas tiveram acesso aos locais mais atingidos pelo desastre.

Entretanto, um usuário do Imgur (site que funciona como hub de fotos na internet) alega ter entrado na chamada "Zona Vermelha" de Fukushima. Confira as fotos e veja o que ele escreveu (traduzido):

"Quando eu entrei na zona vermelha, senti uma sensação de queimação nos olhos e cheiro químico espesso no ar. Antes de ir até lá, fui informado pelas autoridades que eu precisaria de uma licença especial para visitar a cidade, e que demoraria de 3 a 4 semanas para obter a aprovação do conselho local".


Não é a primeira vez que pessoas registram imagens do local (lembrando que é ilegal entrar em determinadas áreas), mas essas fotos me surpreenderam por mostrarem o tamanho do abandono e da devastação.

O relato do usuário xanthon continua: "Burocracia demais para mim... Então eu apenas esgueirei-me na floresta para evitar policiais na estrada... e foi incrível!!!!! Ainda me lembro o que é ter apenas um GPS e mapa do Google durante a caminhada, às duas horas da manhã, para entrar nas cidades de Okuma, Futaba e Namie. Alguma vez você já se perguntou como seria estar na zona de exclusão de Fukushima agora? De sentir o que é ser a única pessoa que anda na cidade quando você tem 100% de acesso completo a todas as lojas e explorar ? Quando eu era jovem, sempre tive um sonho como este: de estar sozinho em um supermercado e poder comer todo o chocolate até explodir... Tudo está exatamente no mesmo lugar depois do terremoto. [...] O nível de radiação ainda é muito alto na zona vermelha. Muitas pessoas não viram esta cidade durante os últimos 5 anos... Eu posso encontrar comida, dinheiro, ouro, laptop e outros bens valiosos na zona vermelha... Estou surpreso que ninguém saqueado esta cidade. Esta é a diferença entre Chernobyl e o desastre de Fukushima: não houve saques".

Vale lembrar que muitos usuários da plataforma onde as imagens foram divulgadas questionaram a veracidade das mesmas, pois o homem em questão está usando shorts e sandálias. Eu não entendo muito sobre radiação (muito menos sobre caminhadas pela floresta), portanto não vejo motivos para duvidar das fotos. Veja as imagens e tire suas próprias conclusões:




























Quer se manter realmente atualizado? Clique!
Facebook - Twitter - Instagram

JAPÃO, 25 DE JULHO DE 2016
Texto: Renato Brandão
Edição: Pocket Hobby

Comentários