Comercial do McDonald's Gera Onda de Xenofobia no Japão

Pocket Hobby - www.pockethobby.com - Comercial do McDonald's Gera Onda de Xenofobia no Japão

Comercial do McDonald's Gera Onda de Xenofobia no Japão


Um piscar de olhos: é tudo o que você precisa pra perder o momento que gerou uma onda de comentários xenófobos por parte de japoneses internet afora.

Tudo por causa do novo comercial veiculado pelo McDonald's, que mostra a rotina de uma atendente de caixa. De fato, o comercial - com forte apelo emocional - começa mostrando como o atendimento ao cliente é levado a sério no Japão diante de qualquer circunstância.

O nome do comercial pode ser traduzido como "Duas pessoas silenciosas" - mas o que ninguém poderia imaginar é que ele fosse gerar comentários preconceituosos e xenófobos. Assista e tente descobrir o motivo:



Não entendeu? Eu explico.

Após um cliente terminar seu pedido, outro toma seu lugar. Imediatamente, a moça atrás do caixa muda seu tom de voz para um quase sussurro, enquanto faz as perguntas de praxe: "Bem-vindo, qual seu pedido?". A cliente responde: "Café latte". "Para tomar aqui ou levar?", segue a caixa. "Aqui mesmo".

Repentinamente, a câmera muda de posição e revela um bebê dormindo nos braços da cliente, e todo o cenário fica claro.

Na cena seguinte, a atendente leva até a mesa o pedido da senhora, quando chegam seu outro filho e marido. Nesse momento, a funcionária educadamente faz um shhhh para a criança. E tudo termina com um final feliz, engordurado e calórico.

Leia também: Trens, Privadas e McDelivery

Fora o ridículo erro de continuidade nos primeiros segundos (diga nos comentários se você também percebeu) e o sentimentalismo surreal da cena, não parece existir motivo algum para xenofobia, certo?

Errado. No Japão, qualquer deslize é motivo


A Cultura Tradicional Japonesa é muito antiga, cheia de regras e costumes rígidos que perduram até os dias de hoje. Tanto no ambiente familiar quanto no trabalho, os japoneses seguem um estrito código informal de comportamento que é bastante complexo e cheio de pequenas regras. Algumas são conhecidas do grande público, como a saudação "irashaimase", dita ao cliente quando ele entra em uma loja, a maneira correta de entregar papéis e cartões (com as duas mãos, braços estendidos e cabeça suavemente baixa) e o costume de levar guloseimas a seus colegas de escritório quando voltam de férias ou viajam, enquanto outras são tão sutis que passam despercebidas no dia-a-dia.

Mas a internet, meu amigo, é um lugar cruel. A internet não perdoa nem o mínimo dos detalhes- e mesmo nesse comercial, alguns japoneses encontraram um motivo para se irritar e criticar os coreanos. Tudo por causa da reverência no início do vídeo.

Leia também: Português Ajuda a Combater o Crime no Japão

Chamado por aqui de "ojigi", o ato de juntar as mãos na barriga e baixar a cabeça em reverência é notório e repetido à exaustão, seja com colegas de trabalho, professores e até mesmo no ambiente familiar.

Acontece que os coreanos também fazem uso do gesto, que no Japão é entendido de maneira diferente o suficiente para que tenha até outro nome: "konsu". E vários usuários de redes sociais foram bastante críticos em seus comentários.

Eles disseram:
"Isto indica que o McDonald's está acabado"
"Isso acontece porque as vendas estão caindo"
"McDonald's está tentando comprar briga com o Japão"
"Agora que eu não como mais lá"

Essas foram as críticas mais sutis - alguns foram muito mais ofensivos, dizendo que a empresa não sabe a diferença entre Coreia e Japão, e outros criticando a Coreia do Sul em si.

A empresa, por outro lado, não se pronunciou. Nem consertou o tremendo erro de continuidade.


Quer se manter realmente atualizado? Clique!
Facebook - Twitter - Instagram

JAPÃO, 8 DE ABRIL DE 2016
Texto: Renato Brandão
Edição: Pocket Hobby

Comentários