Surpreendente Postura de Policial Japonês Divide a Internet

 Pocket Hobby - www.pockethobby.com - Surpreendente Postura de Policial Japonês Divide a Internet

Surpreendente Postura de Policial Japonês Divide a Internet


Começamos 2016 com um vídeo que chamou atenção mundo afora, ao mostrar um policial japonês cumprindo seu dever de uma maneira um tanto quanto inusitada.

Nós, brasileiros, nem sempre temos uma imagem otimista sobre autoridades policiais - culpa dos anos de violenta ditadura militar e de incontáveis abusos de autoridade ou, inclusive, crimes que certos homens fardados cometem.

Não vamos generalizar: nem todos os policiais atuam à margem das leis que deveriam proteger, mas como vivemos uma tremenda inversão de valores, chega a ser incomum presenciar um agente da lei atuando para proteger o cidadão comum - e não como instrumento de repressão.


Por outro lado, desde a fatídica Copa de 2014 - quando milhares de brasileiros assistiram, assombrados, a torcedores japoneses recolherem o próprio lixo das arquibancadas após os jogos - que cenas cotidianas aqui do oriente geram admiração ou surpresa.

Leia também: Aviação e Desembarque Complicados em Guarulhos

Não que o Japão seja perfeito (estamos cada dia mais longe disso), porém o vídeo abaixo ajuda a entender um pouco da mentalidade japonesa e o porquê de certas profissões realmente existirem

Reparem no policial de moto: parado num sinal vermelho, ele nota um carro prestes a cometer uma infração de trânsito ao tentar virar uma esquina, na contramão, bem a seu lado.

Leia também: Governo Japonês quer abolir dependentes do Imposto de Renda

Agora, responda sinceramente: qual seria a atitude de um agente de trânsito tupiniquim? Abordar o motorista e multá-lo? Fazer "vista grossa"? Pedir uma "caixinha" e seguir com sua vida?

Pois acompanhe a atitude do policial:


Isso mesmo: ao invés de abordar o motorista após o ato e multá-lo, ele evitou que a pessoa cometesse uma infração de trânsito e talvez até colocasse a vida de alguém em risco. E é desse tipo de atitude que estamos desesperadamente necessitados no Brasil.


Quer se manter realmente informado? Clique!
Facebook - Twitter - Instagram

JAPÃO, 2 DE JANEIRO DE 2016
Texto: Renato Brandão     Edição: Pocket Hobby

Comentários