Vamos a Nagoya Ver Tailandesas?

Boatos sobre uma Nova Era do Gelo - Hobby News

Pocket Hobby - www.pockethobby.com - Hobby News - Boatos sobre uma Nova Era do Gelo?

Estamos entrando numa nova "Era do Gelo”?


Esta frase, muito repetida ultimamente nas redes sociais e em sites sensacionalistas, assegura que seremos os novos personagens da animação Era do Gelo, mas não é assim tão simples: precisamos, primeiro, entender o que de fato é uma era glacial, para então prever o que realmente está por vir.

Eventos climáticos onde as temperaturas globais caem, causando mudanças no ecossistema, estão divididos basicamente em dois tipos, as “mini eras do gelo”, com pequenas reduções na temperatura, e a versão "6 Plus" (ou grande era glacial), com direito ao congelamento de grandes porções do Hemisfério Norte - quase como em Game of Thrones, quando verões largos são seguidos por invernos ainda mais rigorosos.


Essas grandes eras do gelo acontecem quando a terra muda de eixo, afastando a porção norte do Sol, diminuindo assim a incidência de raios solares naquela região e consequentemente derrubando as  temperaturas. Quando isso acontece, as calotas polares aumentam e... Você já pode imaginar, né?

Leia também: Abrindo as Portas à Japonesa

Nada disso (ainda) está acontecendo: o eixo terrestre não está mudando, então toda essa cascata de eventos não poderá acontecer (The winter is not coming).

A Verdade


O que realmente vemos atualmente é uma diminuição na atividade solar, um evento recorrente (não é o fim do mundo), onde se reduz a incidência de manchas e erupções na superfície do Sol (é como um adolescente chegando a idade adulta), semelhante à que aconteceu nos anos 1970, época conhecida  pelo movimento hippie, Guerra do Vietnã e pelos rigorosos invernos no Polo Norte - um belo exemplo real de uma mini era do gelo.

O que veremos a partir de agora ainda é pura especulação baseada em suposições e previsões; não foi comprovado que essa diminuição da atividade solar (apesar de ser esta a teoria mais aceita), foi a verdadeira causa do esfriamento da época, pois centenas de fatores podem interferir no clima do planeta: uma quantidade de determinado gás na atmosfera, incidência de ventos, rotação da Terra, eixo, massas de ar, correntes marítimas...

Leia também: Piores Lugares do Mundo

Muitos cientistas defendem, por exemplo, que as mudanças climáticas que aconteceram na África (transformando as grandes florestas em savanas) milhares de anos atrás, que impulsionaram nossa evolução, ocorreram pela interrupção de uma corrente marinha que ligava o Oceano Atlântico ao Pacifico, quando surgiu o que conhecemos hoje como América Central.

Vale ressaltar que essa teoria, mesmo se comprovada, não invalida o aquecimento global, (todo mundo sempre tenta achar algo que a invalide...), já que causas diferentes estão por trás desses dois eventos. Na verdade, ambos não tem sequer conexão entre si.

Leia também: Henge Dock Station

Enquanto os acontecimentos citados na teoria do aquecimento podem, de fato, mudar pra sempre o clima de todo o globo, a diminuição de erupções solares é um evento cósmico esporádico que pode se reverter a qualquer momento - se é que, realmente, irá acontecer. Então se você estocou comida ou comprou casacos extra, venda tudo e coma a comida, por enquanto, ainda não vai nevar no sertão.

(o autor desse texto não se responsabiliza pelas eventuais consequências).
Quer se manter realmente informado? Clique!
Facebook - Twitter - Instagram

BRASIL, 17 DE AGOSTO DE 2015
Texto: Contribuição de Dennis Coutinho
Revisão: Renato Brandão     Edição: Pocket Hobby
Com informações da CNN, Science Alert, DailyMail

Comentários