Robocraft - Esquadrão "Morri"!

British & American F-1 Racing Team - Hobby Sports

Pocket Hobby - www.pockethobby.com - Hobby Sports - Corrida de BAR!
Esta equipe tentou americanizar a corrida de carros mais europeia do mundo

British American Racing

Texto: Raphael Caverna
Revisão: Renato Brandão
Edição: Pocket Hobby

Cada povo encara o Universo Esportivo de uma maneira diferente e, dos dois lados do Atlântico, se percebe que o europeu é muito tradicionalista e gosta das coisas mais estáveis; eles demoram para adaptar às novas regras e aos novos tempos. Já o americano é o mestre do marketing e sabe melhor como ninguém vender seus eventos com grande sucesso e não poupa esforços nem dinheiro para fazer de suas finais algo épico (como o Superball, com seu intervalo de propagandas de 30 segundos que chegam a valer três milhões de dólares e os mamilos polêmicos de Janet Jackson). Tal erro fez a televisão americana mudar o jeito de exibição em programas ao vivo tendo sempre um pequeno delay para evitar vexames.


O showtime yankee é um exemplo a ser seguido por quaisquer federações esportivas, e discutimos bastante sobre o fenômeno neste post aqui (Money Soccer League).

No automobilismo, o caso mais nítido acontece na Formula 1: equipes com dois carros "gêmeos", de visual praticamente idêntico, proporcionam duas vezes mais merchandising, além de circuitos serem batizados com o nome de empresas conhecidas. Na Fórmula Indy há a possibilidade vários pilotos por equipe e os carros podem mudar completamente de visual a cada corrida, o que por um lado facilita muito a busca por patrocinadores locais, mas por outro dificulta na criação de uma identidade visual coesa para o telespectador eventual, que não acompanha todas as corridas americanas. Além da Indy correr em circuitos mistos e ovais (como o lendário circuito de Indianapolis), o melhor domingo para o esporte é o do GP de F-1 em Mônaco e a Indy 500, que acontecem no mesmo dia (com apenas algumas horas de diferença entre um e outro).

Pocket Hobby - www.pockethobby.com - Hobby Sports - British American Race - 1999 Car

Em 1999, uma multinacional do tabaco fundou a equipe de F-1 BAR (British American Racing), unindo o tradicionalismo britânico da competição ao espírito empreendedor e marqueteiro dos americanos. Tal equipe planejava participar do campeonato com dois carros visualmente diferentes um do outro e, ao saber disso, Bernie Ecclestone (o chefão corrupto daquele circo todo) disse algo do tipo: "Acabou de chegar e já quer sentar na janelinha?!" Nã nã nina nem f*d~ndø!". A solução pra nova equipe foi transformar seus carros num híbrido de azul e branco, muito parecido com o uniforme do time de futebol inglês Blackburn Rovers.


Pocket Hobby - www.pockethobby.com - Hobby Sports - Blackburn Rovers UniformeNa minha opinião, a decisão de Bernie foi acertada, pois a Formula 1 segue o mesmo padrão de organização a mais de 50 anos: a reconhecida pompa que cerca este Universo, suas formalidades e o excesso de regras ainda a mantém como o maior campeonato de corridas automobilísticas do planeta - mesmo com a perda de audiência dos últimos tempos.
Contudo, alguns colegas do Pocket Hobby discordam, argumentando que a mudança talvez trouxesse novos ares de modernidade ao estancado cenário do esporte - assim como, finalmente, teríamos mais pressão por uma corrida num circuito oval (apesar de já existir a corrida de Indianápolis, foi construída uma parte mista para a F-1), o que a transformaria numa categoria realmente completa. Isso e uma etapa off-road :).

Nunca saberemos quem tem mais razão, entretanto mesmo com as palhaçadas mais recentes, o circo F-1 não pode parar.

Basta lembrar péssimos momentos como este:



E você, caro leitor? Gosta do esporte tradicionalista como é ou deseja ver uma Formula 1 cheia de novas ideias?

Comente!