Vamos a Nagoya Ver Tailandesas?

O Futuro chegou! Hoverboard - Hobby Studio

Desde o começo do ano, vários memes "cobram" dos cientistas o famoso Hoverboard do filme "De Volta pro Futuro". São montagens engraçadas justamente porque imaginávamos ser algo impossível - mas hoje, faltando exatamente um ano para a data-limite, avaliaremos o quão perto estamos de algo assim. E lembre-se, nunca duvide dos cientistas!

Sabemos que este vídeo é fake, mas possui quase 15 MILHÕES de views. Nada mal...

A ideia, obviamente, veio da trilogia de Zemeckis: um equipamento pessoal, divertido, capaz de te levar todas as manhãs ao trabalho e fazer as pessoas se sentirem na época do colegial outra vez - além de impulsionar o "salto tecnológico" que esperamos desde a virada do milênio. Faz tempo, portanto, que alguns malucos tentam construir um protótipo desse tipo: há versões aquáticas, mas que precisam de um equipamento submerso gigante - e do acompanhamento constante de um jet ski, o que torna aquele troço um tanto chato, caro e nada funcional.


Mas há, sim, luz no fim do túnel. E ela é azul.

Obviamente, como toda invenção, esta também surgiu "por acaso" e com outro propósito - à procura de uma solução eficaz contra terremotos e inundações, buscando aprimorar a tecnologia Maglev (que impulsionará o novo Shinkansen flutuante japonês comentado aqui) os caras acabaram desenvolvendo um sistema muito próximo do skate de Marty McFly: uma prancha sem rodinhas, que flutua a poucos centímetros do chão... Mas com um problema - só se move num piso metálico imantado especial.

A "brincadeira" não sairá barata - o protótipo custa U$10 mil.

O Hendo é algo barulhento, desengonçado, difícil de manusear e fora da realidade, mas ainda temos exatamente um ano para aperfeiçoá-lo - e eliminar a necessidade do piso que lembra aquelas mesas de hóquei de mão dos fliperamas clássicos - onde, no lugar de jatos de ar sustentando a flutuação do disco, existe um "colchão magnético" entre o chão e o skate mais caro do século (que aguenta o peso do corpo de um homem).

De "resto", só ficarão faltando os carros voadores, óculos prateados, o visual dos anos oitenta voltar com acréscimos eletrônicos e - é lógico - um DeLorean capaz de viajar no tempo.

Estamos loucos pra testar!

POST RELACIONADO

POST RELEVANTE

POST INTERESSANTE

Comentários