Vamos a Nagoya Ver Tailandesas?

Publicações em língua estrangeira no Japão

Esta é para quem mora do Japão.

Você fala espanhol? Não? Então talvez esteja perdido nesta multidão aí do lado – e perdendo muita coisa.


Poucas vezes tive oportunidade de ler as revistas dirigidas a estrangeiros que circulam no Japão, mas dias atrás tive, por acaso e ao mesmo tempo, dois exemplares à disposição – Alternativa (dirigida a brasileiros) e Mercado Latino (para o público que fala espanhol).



Ambas são publicações bastante conhecidas por aqui, e uma comparação entre ambas revelou linhas editoriais bastante... diferentes, por assim dizer.



Enquanto a edição em português trazia morosas páginas sobre suplementos alimentares, a história da flauta japonesa (“Shakuhachi”) e como “disfarçar olheiras e manchas”, a edição em espanhol vinha com informações muito mais relevantes à realidade daqui, como a prevenção ao abuso policial, discriminação, discussões sobre “ijime” (bullying) e debates sobre economia.




Vale destacar que ambas são publicações grátis, por isso há que ter MUITA paciência com as toneladas de propagandas (que bancam as edições) durante as páginas. E, no final, nenhuma delas se destaca como fonte fiável (na minha visão de chato).


Mas enquanto lia a primeira publicação, tive um momento de desespero – quando iam começar as receitas de bolo “que nunca dão certo” e as palavras cobertas com grifo negro?!



Enfim, não importa em qual país você esteja ou para onde queira ir: com tanta desinformação, ou procuramos novas fontes de notícias, ou aprendemos novas línguas. Melhor fazer os dois.





Não esqueça de dar uma força lá na fanpage!