Vamos a Nagoya Ver Tailandesas?

Mac vs PC – Notícia (não tão) Bizarra


Fome de tecnologia
Após o burburinho sobre “novos” MacBook Air – modelos que chegaram mais baratos no Japão do que nos Estados Unidos (cerca de U$40 a menos) – pude comparar o que está sendo oferecido com meu “velhinho” Hewlett-Packard.

Cheguei à conclusão óbvia.

Em 2012, comprei um Pavilion g6 (HP) por cerca de ¥80.000 (R$1.800,00, arredondado), com processador Intel Core I7, 8Gb de RAM e 750Gb de HD, basicamente. Um montão de números incompreensíveis encaixotados numa tela “xigante” de quase 16 polegadas.

DOIS ANOS DEPOIS, a Apple oferece notebooks com configurações inferiores e preço inicial mais alto do que aquele que gastei lá atrás. Ok, baixaram um pouco (U$100), mas o tamanho das telas continua ridiculamente inferior.




Vale à pena? Depende, principalmente no Brasil

Preços em Ienes ¥

O iPod, meu primeiro gadget Apple, foi amor à primeira vista. Quando, mais tarde, pus as mãos no iPad, então... Tudo funcionou muito rápido, sem a necessidade de todos aqueles anos de aprendizado que o Windows (principalmente agora no 8.1) requeria. Entretanto, nem pensar em rodar jogos pesados ou determinados programas num Mac.

O problema, na minha opinião, é que este novo produto já vem obsoleto de fábrica (para os meus padrões).

O pseudo “status” do MacBook atrai, o teclado é retro iluminado (uma necessidade em minhas noites insones), mas não vale o preço....


Configurando o modelo de 13” o mais próximo possível ao meu HP (ainda assim inferior), o valor é surreal